Ir direto para menu de acessibilidade.
Entrar

Entrar

Você está aqui: Página inicial > Pró-Reitoria > Novos depósitos de pedidos de patente: Órtese Mecatrônica e Bateria Eletromecânica
Início do conteúdo da página

Novos depósitos de pedidos de patente: Órtese Mecatrônica e Bateria Eletromecânica

Publicado: Segunda, 24 de Julho de 2017, 14h33 | Última atualização em Segunda, 31 de Julho de 2017, 18h05 | Acessos: 647

O Núcleo de Inovação Tecnológica protocolou, neste último mês de junho, dois novos pedidos de depósito de patente junto ao INPI. As duas invenções foram selecionadas para realização de buscas de anterioridade, análise de potencial de patenteabilidade e elaboração de pedidos de patentes, serviços oferecidos através do Edital 750/2016 (Edital do Inventor).

Saiba mais sobre os projetos:

- Órtese Mecatrônica (Prof. John Faber Archila Diaz e Guilherme Machado Benjamin): trata-se de uma órtese coletora de dados que pode ser utilizada como apoio em programas de reabilitação das articulações e na otimização de treinos físicos. Contando com um conjunto de abraçadeiras (que se fixam às articulações) e um sistema de controle e comunicação, a órtese coleta e envia dados via wi-fi para um computador que armazena e processa informações para obter posição, força, velocidade, aceleração, deslocamento e angulação das partes da articulação, bem como a inferência de posições dos tendões e forças nos mesmos. Dessa forma, as sucessivas medições promovidas pelo sistema permitem avaliar as condições gerais e/ou o grau de reabilitação das articulações de um indivíduo.

- Bateria eletromecânica com mancal magnético eletrodinâmico (Profs. Eduardo Alves da Costa, Evandro Rech, Alexandre Brincalepe Campo e discente Egon Soares): pertence à área da energia, particularmente aos equipamentos de armazenamento e recuperação de energia. Possui sistema de levitação e guiamento do rotor, obtido por efeito de levitação eletrodinâmica, através de mancais de escora magnéticos, além de software necessário ao funcionamento do sistema. A bateria eletromecânica proposta nesta invenção pode ser aplicada como alternativa no armazenamento de energia limpa, eficaz e com menor impacto ambiental. A energia armazenada pode ser utilizada em casos de emergência e na impossibilidade de geração, como em instalações de emergência, instalações industriais, centrais de energia elétrica e veículos híbridos. Com valor de rendimento próximo a 96%, a invenção apresenta vantagens sobre outros equipamentos com funções semelhantes, como o painel solar (produção de energia apenas durante as horas do dia), sistemas de armazenamento de energia eólica (dependente da presença de vento) ou acumuladores químicos (menor rendimento e agressivos ao meio ambiente).

Os pedidos de junho somam-se às 11 invenções em processo de avaliação para concessão de patente no INPI, que podem ser consultadas na página do NIT: http://prp.ifsp.edu.br/nit/portfolio.

registrado em:
Fim do conteúdo da página